16.9.08

"aquilo que em mim sente está pensando" f. pessoa

# questionamentos a parte, estou cheia de referências de coisas para ler, assistir e navegar.
# www.taggalaxy.de - entre uma tag, passeie pelas órbitas.
# tem essa instalação dos blinkerlights numa biblioteca, que é acionada por mensagens de celular. vale assistir.
# um termo que me ficou muito presente, que me instiga a pesquisar é a tal da propriocepção.
# surgiu uma denominação pra uma doença nova, a escopofilia. todos os blogueiros seriam escopofílicos em potencial? há quem se endivide na vida real para comprar um acessório no 2nd life... nunca cheguei a esse ponto.
# rá! mas eu adoro comprar na internet! tão rápido, tão fácil... quase indolor.
# por falar em comprar, tem o livro do oliver sacks, tão citado em várias palestras, sobre como os problemas neurológicos podem afetar a percepção.
# nessa mesma linha de raciocínio corpo-mente-percepção, tem mais dois livros...
# talvez agora eu tenha coragem de mergulhar na fenomenologia do merleau ponty. "nós somos o nosso corpo".
# nunca tinha ouvido falar da maria joão ceitil, uma filósofa portuguesa... "pôr o corpo a pensar".



* é, é... isso é mais um lembrete pra mim, que um post...

3 comentários:

Priscilla Silva disse...

Olá Simone! Tudo bem?

Bom, você não me conhece, mas eu acompanho seu blog há muito tempo!

Eu lia o "montricot", e leio o "feito a mão", "dona chita", além de outros tantos blogs que há muitos anos publicam(vam) muitas dicas de artesanato.

Gostaria de saber se você ainda dá aulas de fotografia no Sesc Pompéia (eu moro na Lapa, bem perto) e, em caso positivo, existe sites, materiais, afins, onde eu possa ter informações e dicas de fotografias legais?

Ainda... Se você puder me passar por e-mail as informações das aulas, eu gostaria bastante!

Parabéns pelo Blog!

meu e-mail é afrodyth@hotmail.com

Obrigada,

Priscilla Silva

Clarisse Fernandes - Editora disse...

amei seu blog!

Luana Cavalcanti disse...

comprar na net é bom demais!

só não é legal para pessoas ansiosas como eu, que quer a coisa aquiagora.

morro!